Contate-nos: contato@escoca.com.br ou (19) 3873-2108

Quem precisará declarar o IR em 2016

Após um ano bem conturbado, agora é hora dos contribuintes terem outra preocupação, a declaração do Imposto de Renda. De acordo com Francisco Arrighi, diretor da Fradema (Consultoria Tributária), deixar para última hora a análise das despesas que serão inclusas na declaração não é a melhor opção, aumentando consideravelmente os riscos de erros e a consequente inclusão na lista de verificação das inconsistências (malha fina) apuradas. “É sempre melhor, além de mais prudente, preencher a declaração com antecedência, e sempre que possível com a assessoria de um profissional especializado que orientará o contribuinte de forma correta sobre o preenchimento do documento”, explica Arrighi.

Além disso, pessoas que irão declarar o Imposto pela primeira vez, tendem a ter mais dúvidas sobre a ação, representando uma parcela anual de aproximadamente 30% de contribuintes que caem em malha fina.

Confira a seguir quem deverá declarar o IR em 2016 de acordo com a tabela que será aplicada:

  • Contribuintes que receberam rendimentos tributáveis, sujeitos ao ajuste na declaração, cuja soma no ano anterior foi superior a R$ 25.661,70 (vinte e cinco mil e seiscentos e sessenta e um reais e setenta centavos);
  • Contribuintes que receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40.000,00 (quarenta mil reais);
  • Contribuintes que obtiveram, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
  • Contribuintes que tiveram, até 31 de dezembro, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300.000,00 (trezentos mil reais);
  • Contribuintes que passaram à condição de residente no Brasil em qualquer mês e nesta condição encontravam-se em 31 de dezembro;
  • Contribuintes que optaram pela isenção do Imposto sobre a Renda incidente sobre o ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais, cujo produto da venda seja aplicado na aquisição de imóveis residenciais localizados no País, no prazo de 180 (cento e oitenta) dias contado da celebração do contrato de venda, nos termos do art. 39 da Lei nº 11.196, de 21 de novembro de 2005;
  • Contribuintes que obtiveram rendimento da atividade rural superior a R$ 128.308,50 (cento e vinte e oito mil, trezentos e oito reais e cinquenta centavos);
  • Contribuintes que pretendam compensar, no ano-calendário de 2015 ou posteriores, prejuízos de anos-calendário anteriores ou do próprio ano-calendário de 2015.

Artigos Similares

Eleições no CRC-SP 2011 Fonte: http://www.crcsp.org.br/ 1. Finalidade: Renovação de 1/3 do Plenário. 2. Modalidade de votação: Exclusivamente via Internet, pelo Portal do CRC SP. 3. O que é necessário: Computador que
Novo programa “Audi... AUDITOR ELETRÔNICO “… PROTOCOLO ICMS 81, DE 15 DE AGOSTO DE 2013  Cláusula primeira O Estado de Minas Gerais, compromete-se a ceder aos Estados do Acre, Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia,
Conselho oferece conteúd... Modalidade online permite conciliar o estudo com outros compromissos do dia a dia.  O CRCSP está oferecendo auto­estudo sobre dois novos assuntos: – “Novas Regras para Combate
Vantagens e desvantagens ... Há tempos não presenciávamos um embate tão acalorado sobre tema de ordem legal: os novos rumos da terceirização do trabalho propostos pelo Projeto de Lei 4330, apresentado
SPED Social 2014 (layout ... A EFD-Social consiste na escrituração digital da folha de pagamento e das obrigações trabalhistas, previdenciárias e fiscais relativas a todo e qualquer vínculo trabalhista contratado no Brasil.
Nova Conectividade da Cai... A nova conectividade Social está inovada, passou a ser um canal 100% web, ou seja, não é mais necessário que as comunicações de funcionários e movimentação de
Atenção ao prazo para e... Começou no dia 20 de janeiro de 2015 a entrega da Rais (Relação Anual de Informações Sociais) deste ano, referente ao ano-base de 2014. O prazo final
Fisco institui novo códi... Já está em vigor o Ato Declaratório Executivo Codac nº 2/2013. O documento foi publicado pela Receita Federal, no DOU (Diário Oficial da União) de 16 de
E-lalur – Obrigator... A Instrução Normativa 1.249 de 17 de fevereiro de 2012 (DOU 24.02.2012) alterou a obrigatoriedade para a elaboração do e-lalur que agora, inicia-se em 01 de março de 2013. Nos
Atenção na hora de esco... O que deve ser buscado é o relacionamento perfeito entre bons sócios trabalhando claramente por um objetivo comum Montar uma empresa com um sócio é como um

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *